13.4.10

RETIRO



Por não entender
Cansou de pensar
A respeito

Quietou em seu canto
E calou
Calou sentimentos

Por não entender
Deixou-se levar
Pelo tempo

O barco virou
Correnteza arrastou
Arrastou o momento

Por não entender
Fez-se vento

5 comentários:

treta disse...

gostaria de ter esse desapego tão bonito.

gostaria de virar vento e deixar o sentimento amainar em partículas dispersas.

olá, anna com dois Ns

yoko disse...

traduzindo sentimentos.
agora.

Lucius disse...

compreendo o sentido. Está bem escrito. =)

claudia guay disse...

hora de voar por outros ares...
adorei esta poesia!
às vezes é melhor não querer entender (senão deixamos de lado, viver.)

Karine disse...

...o âmbar transcendeu o sentido, e saiu do plano de fundo para as entrelinhas.