25.2.09

NA RUA



O amor está perdido
Nas sarjetas
Quietinho
Até que um olhar
Se lance a outro
Fulminante

Se há chuva
É como sol a confortar
Se há sol
É como chuva a refrescar

Se há Frida
Há meu coração a bailar

3 comentários:

Luiz Calcagno disse...

Que foto! Que poesia! Que saudade! Beijoco!!!

yoko disse...

olha só. era tão pequetitinha quando nenem. nem parece o cachorro grande que se torna.

êÊÊÊ, festa pra frida!

Luciana disse...

A Frida tá tão linda na foto ! Modelo fotográfico canino,hehehehe.
Bjuss