8.5.07

GAROTO INSONE (mini conto)


Ele se dividiu em três para domar a insistente insônia pontual. Se sufocou com os braços de polvo e se encausulou num emaranhado de pensamentos velozes. Com o tato sentiu a própria pele e o diâmetro da tatuagem que acompanhava seus movimentos destros. O mundo estava cinza a sua volta, confundia-se naquele momento de loucura ou lucidez (?)
Possuia sonhos nas pontas dos dedos, e eles bebiam café noite adentro.
Ele se dividiu em três e foi clonado!
* Com o auxílio luxuoso da criatividade talentosa do artista e amigo Mário Júnior:http://www.flickr.com/photos/mariogogh

4 comentários:

Luciana disse...

Feliz em ver seu espaço crescendo!...

mario disse...

ahah
três beijos do menino polvo.

li benjamim disse...

Oi!
Devido a indicação da Marina, comecei a ler seu blog hj cedo. Fui a conta-gotas pra demorar mais.
Gostei muito. Em especial "Minhas Primaveras" ( um primor); "Um reflexo" e "Como um sax no telhado". Esses três, em especial. Os demais, lindos e comoventes tb!
Parabéns Miça Talentosa!

li benjamim disse...

Ops: Miça=Moça