25.7.10

COERÊNCIA

Na boca
Explode
A menta
Que me atiça
O beijo:
Hálito

Na caneta
Explode
A tinta
Que me atiça
O verso:
Hábito

Com a boca
No mundo
Da palavra

Passo a passo

2 comentários:

yoko disse...

deliciosa como sempre
Cidade: Âmbar.

Dia internacional da annaká amanhã.
Que venha o bolo =)

Marcio Nicolau disse...

Gostei demais destes versos. Segunda vez que os leio.