4.11.08

HERESIA

Não tenho
Hora
Para acordar
Mas os sons
Não me repousam
As sementes
Sou tornado
Destruidor
Pelos dias
Pela alegria
Das pedras

3 comentários:

Luiz Calcagno disse...

Bruto e terno, áspero e sensível. Beijo grande

Lídia Benjamim disse...

Heresia.
Ereto.
Eras.
Deus.
?

michelle cunha disse...

vc tornado

eu me tornando tempestade