7.5.08

BAILARINA (Para amiga-atriz Camila Almeida)


A bailarina
Escorre
Pela testa
Uma gota
De suor

Finalmente
Conquista
A sapatilha
De ponta

E me conta:
O equilíbrio
Vem de dentro
Vem do fundo

Profundo
Onde bate
O coração

Diz:
As pontas
Dos pés
São o início
Dos olhos
Para outro horizonte

De cá
Vejo
A bailarina
Sobre as nuvens

Ela acena
Rodopia
Pelos
Montes

Ilustração do ator-amado-irmão Renato Livera

Um comentário:

a clara menina Clara disse...

deixa ela rodopiar sem fim agora!

beijo